e-Saúde e Atenção Primária no Brasil: conceitos, correlações e tendências

  • Gustavo de Araújo Porto Landsberg Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS). Belo Horizonte, MG
Palavras-chave: Atenção Primária à Saúde. Telemedicina. Informática Médica. Registros Eletrônicos de Saúde. Aplicativos Móveis

Resumo

Objetivo: Este artigo tem como objetivo discutir os conceitos de e-Saúde e Atenção Primária à Saúde (APS) e suas correlações, considerando o contexto atual da tecnologia da informação para saúde e da assistência à saúde no Brasil. Métodos: Literatura conceitual sobre a APS e tecnologia da informação para saúde foi selecionada e discutida. Resultados: O sistema público de saúde (SUS) tem entregue uma Atenção Primária custo-efetiva nos últimos 20 anos e, recentemente, um movimento semelhante está sendo observado no setor privado. Além disso, há uma crescente adoção de tecnologia da informação na saúde, cujos recursos podem ser usados para desenvolver todos os atributos essenciais da APS. Conclusões: A utilização da e-Saúde na APS tem potencial para melhorar a saúde e reduzir os custos. Uma política nacional clara e específica, um amplo debate sobre a regulamentação atual e uma relação mais estreita entre os profissionais de saúde e desenvolvedores de tecnologia da informação são necessários para oferecer e-Saúde custo-eficaz alinhada com atributos essenciais da atenção primária.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Gustavo de Araújo Porto Landsberg, Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS). Belo Horizonte, MG
Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, especliaista em Medicina de Família e Comunidade pela SBMFC e Mestre em Atenção Primária à Saúde pela Universade Autônoma de Barcelona.

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Referências

Starfield B. Primary Care: balancing health needs, services and technology. 2nd ed. New York: Oxford University Press; 1998. p.8-9.

World Health Organization. Report of the International Conference on Primary Care. Alma-Ata, USSR, 6-12 September. Geneva: World Health Organization; 1978.

Starfield B, Shi L, Macinko J. Contribution of primary care to health systems and health. Milbank Q. 2005;83(3):457-502. PMID: 16202000 DOI: http://dx.doi.org/10.1111/j.1468-0009.2005.00409.x

Sampaio LFR, Mendonça CS, Lermer Junior N. Atenção Primária à Saúde no Brasil. In: Gusso G, Lopes JMC, Org. Tratado de Medicina de Família e Comunidade. 1a ed. Porto Alegre: Artmed; 2012. p.29-39.

Harris M. Integrating primary care and public health: learning from the Brazilian way. London J Prim Care (Abingdon). 2012;4(2):126-32. DOI: http://dx.doi.org/10.1080/17571472.2012.11493350

Rasella D, Harhay MO, Pamponet ML, Aquino R, Barreto ML. Impact of primary health care on mortality from heart and cerebrovascular diseases in Brazil: a nationwide analysis of longitudinal data. BMJ. 2014;349:g4014. PMID: 24994807 DOI:

http://dx.doi.org/10.1136/bmj.g4014

Macinko J, Harris MJ. Brazil’s family health strategy--delivering community-based primary care in a universal health system. N Engl J Med. 2015;372(23):2177-81. DOI: http://dx.doi.org/10.1056/NEJMp1501140

Unimed Belo Horizonte [website on internet]. Unimed Pleno. [accessed 2014 Dec 22]. Available from: http://www.portal.unimedbh.com.br/wps/portal/inicio/home/planos/planos_para_sua_empresa/unimed_pleno

Fundação Unimed [website on internet]. Pós-graduação em Atenção Primária à Saúde. [accessed 2014 Dec 22]. Available from: http://www.fundacaounimed.org.br/pos-graduacao/medicina-saude/atencao-primaria-a-saude/Paginas/default.aspx

Jornal O Dia [homepage on internet]. Planos de saúde adotam sistema de medicina familiar [accessed 2014 Dec 22]. Available from: http://odia.ig.com.br/noticia/economia/2014-07-29/planos-de-saude-adotam-sistema-de-medicina-familiar.html

Carneiro Junior N, Nascimento VB, Costa IMC. Relação entre Público e Privado na Atenção Primária à Saúde: considerações preliminares. Saúde Soc. 2011;20(4):971-9.

G1 Notícias. [website on internet]. Americana United Health compra Amil por 6,49 bilhoes. [accessed 2014 Dec 22]. Available from: http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2012/10/americana-unitedhealth-compra-amil-por-r-649-bilhoes.html

World Health Organization. Resolution WHA58.28. eHealth. Fifty-eighth World Health Assembly, Geneva, 16-25 May 2005. Annex. Resolutions and decisions [Internet]. Geneva: World Health Organization; 2005 (WHA58/2005/REC/1). [accessed 2014 Dec 22]. Available from: http://apps.who.int/gb/ebwha/pdf_files/WHA58-REC1/english/A58_2005_REC1-en.pdf

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria Executiva. Política Nacional de Informação e Informática em Saúde: proposta versão 2.0 (Inclui deliberações da 12a. Conferência Nacional de Saúde). Brasília; 2004. [accessed 2014 Dec 22]. Available from: bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/Politica_Informacao_Saude.pdf

Alkmim MB, Figueira RM, Marcolino MS, Cardoso CS, Pena de Abreu M, Cunha LR, et al. Improving patient access to specialized health care: the Telehealth Network of Minas Gerais, Brazil. Bull World Health Organ. 2012;90(5):373-8. DOI: http://dx.doi.org/10.2471/BLT.11.099408

Landsberg G, Siqueira IOC, Pereira RPA. Primária: o essencial da atenção primária à saúde. Caratinga: FUNEC, 2012. 186p.

Landsberg G, Ianelli MR, Brioschi JA, Cardoso AMJ, Saleme CS. Oportunidades e Desafios Relacionados ao Telemonitoramento: Um Relato de Experiência. In: XIV Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, 2014. São Paulo: CBIS; 2014.

Evans P. The European Definition of General Practice/Family Medicine. London: Wonca Europe; 2002.

World Organization of National Colleges Academies and Academic Associations of General Practitioners/Family Physicians. Classificação Internacional de Atenção Primária (CIAP 2) - Comitê Internacional de Classificação da WONCA. Florianópolis: Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade; 2009.

Gusso G; Landsberg G, Pinto CMF. Prontuário eletrônico e uso de sistema de classificação na Atenção Primária à Saúde. In: Gusso G, Lopes JMC, Org. Tratado de Medicina de Família e Comunidade. 1ed. Porto Alegre: Artmed; 2012. p.337-45.

Medical Dictionary for the Health Professions and Nursing. S.v. “episode of care.” [internet homepage] [accessed 2014 Dec 20]. Available from: http://medical-dictionary.thefreedictionary.com/episode+of+care

Hussey P, Sorbero M, Mehrotra A, Liu H, Damberg C. Using Episodes of Care as a Basis for Performance Measurement and Payment: Moving from Concept to Practice. Health Aff (Millwood). 2009;28(5):1406-17. DOI: http://dx.doi.org/10.1377/hlthaff.28.5.1406

Paim J, Travassos C, Almeida C, Bahia L, Macinko J. The Brazilian health system: history, advances, and challenges. Lancet. 2011;377(9779):1778-97. PMID: 21561655 DOI: http://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(11)60054-8

CETIC [website on internet]. Pesquisa TIC Saúde [accessed 2014 Dec 22]. Available from: http://www.cetic.br/pesquisa/saude/

U.S. Department of Commerce [website on internet], 2015 [accessed 2016 Jan 14]. Available from: http://trade.gov/topmarkets/pdf/Health_IT_Top_Markets_Report.pdf

Schoen C, Osborn R, Squires D, Doty M, Rasmussen P, Pierson R, et al. A survey of primary care doctors in ten countries shows progress in use of health information technology, less in other areas. Health Aff (Millwood). 2012;31(12):2805-16. DOI: http://dx.doi.org/10.1377/hlthaff.2012.0884

Krist AH, Beasley JW, Crosson JC, Kibbe DC, Klinkman MS, Lehmann CU, et al. Electronic health record functionality needed to better support primary care. J Am Med Inform Assoc. 2014;21(5):764-71. DOI: http://dx.doi.org/10.1136/amiajnl-2013-002229

Phillips RL Jr, Bazemore AW, DeVoe JE, Weida TJ, Krist AH, Dulin MF, et al. A Family Medicine Health Technology Strategy for Achieving the Triple Aim for US Health Care. Fam Med. 2015;47(8):628-35.

Cortez NG, Cohen IG, Kesselheim AS. FDA regulation of mobile health technologies. N Engl J Med. 2014;371(4):372-9. PMID: 25054722 DOI: http://dx.doi.org/10.1056/NEJMhle1403384

Kahn JG, Yang JS, Kahn JS. ‘Mobile’ health needs and opportunities in developing countries. Health Aff (Millwood). 2010;29(2):252-8. DOI: http://dx.doi.org/10.1377/hlthaff.2009.0965

Iwaya LH, Gomes MA, Simplício MA, Carvalho TC, Dominicini CK, Sakuragui RR, et al. Mobile health in emerging countries: a survey of research initiatives in Brazil. Int J Med Inform. 2013;82(5):283-98. DOI: http://dx.doi.org/10.1016/j.ijmedinf.2013.01.003

Brasil. Conselho Federal de Medicina. Resolução no 1931, de 24 de setembro de 2009. Aprova o código de ética médica. D Of União. 24 set 2009;(183, seção I):90-2. Retificações em: D Of União. 13 out 2009;(195, seção I):173. [accessed 2016 May 24]. Available from: www.in.gov.br

Publicado
2017-01-24
Como Citar
Landsberg, G. de A. P. (2017). e-Saúde e Atenção Primária no Brasil: conceitos, correlações e tendências. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 11(38), 1-9. https://doi.org/10.5712/rbmfc11(38)1234