Manifesto de Natal - Por uma política afirmativa no recrutamento, formação, provimento, retenção e suporte para as médicas de família em contexto rural e remoto

  • Monica Correia Lima Grupo de Trabalho de Medicina de Família Rural da SBMFC
  • Marcela Cuadrado Universidad de la Republica del Uruguay. UDELAR
  • Thereza Cristina Gomes Horta UNI-BH, Belo Horizonte, Minas Gerais ABEB, Belo Horizonte e Contagem, Minas Gerais
  • Magda Almeida UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ, UFC, CEARÁ, BRASIL
  • Ariane Pinheiro Prefeitura Municipal de João Monlevade - MG
  • Paula Christianne Gomes G. Souto Maia Universidade Federal de Campina Grande/ Cajazeiras - PB
  • Candida Pereira Melo Secretaria Municipal de Saúde de São Leoopoldo
  • Eneline Andrade Heráclito Gouveia Pessoa CESMAC - Alagoas - AL
  • Viviane Xavier Universidade Federal de Pernambuco - PE
  • Maria Carolina Pereira da Rocha Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - SP
Palavras-chave: Medicina de Família e Comunidade. Identidade de Gênero. Saúde da População Rural. Recursos Humanos em Saúde.

Resumo

O presente documento foi produzido com base na oficina de Gênero sobre o trabalho das Médicas de Família em áreas rurais e remotas, durante o 13º Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade, de 8 a 12 de julho de 2015. Objetivou o estabelecimento de importantes pressupostos para o recrutamento, formação, provimento, retenção e suporte para o trabalho das médicas de família e comunidade nas mais diversas áreas rurais, rururbanas e remotas do país, em seus mais diversos cenários, devendo servir de base para estudos e formulação de políticas públicas sobre tais aspectos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Monica Correia Lima, Grupo de Trabalho de Medicina de Família Rural da SBMFC

Médica de Família e Comunidade da Prefeitura Municipal de Cajati em área rururbana

Mestre em Gestão de Políticas Públicas pela UNIVALI - Itajaí - SC

Doutoranda em Medicina Preventiva - FMUSP - SP

 

 http://lattes.cnpq.br/9994312720646097

Marcela Cuadrado, Universidad de la Republica del Uruguay. UDELAR

Doctora en Medicina.

Especialista en Medicina Familiar y Comunidad.

Profesora Adjunta de Medicina Familiar y Comunitaria en Facultad de Medicina - Universidad de la Republica del Uruguay. UDELAR

 CoCoordinadora de Residentes y Posgrados de Medicina Familiar y Comunitaria de Facultad de Medicina – UDELAR


http://lattes.cnpq.br/9134400878548212

Thereza Cristina Gomes Horta, UNI-BH, Belo Horizonte, Minas Gerais ABEB, Belo Horizonte e Contagem, Minas Gerais

Médica formada pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais em 2005.

Médica de Família e Comunidade pela Residência do Hospital das Clinicas – UFMG (2006-2008).

Teleconsultora do Centro de Telessaúde do Hospital das Clinicas – UFMG.

Preceptora de Medicina de Família e Comunidade da Faculdade de Medicina da Uni-BH (2015)

Médica da Associaçao Beneficente dos Empregados da Arcelor Mittal Brasil (2015)

Magda Almeida, UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ, UFC, CEARÁ, BRASIL

Medica de Familia e Comunidade no Departamento de Saúde Comunitária da Faculdade de Medicina da UFC, especialista em Educação para as  Profissões da Saúde. Membro do GT de Medicina Rural da SBMFC.

 

: http://lattes.cnpq.br/0629859575774194

 

Ariane Pinheiro, Prefeitura Municipal de João Monlevade - MG

Médica de família e comunidade pelo Odilon Behrens - 2011

Titulada em MFC - 2011

MFC no CS Santo Hipólito  - João Monlevade, MG - Desde 2011 Diretora de Medicina Rural da Sociedade Mineira de MFC - desde 2013

Supervisora do Programa MM em Ipatinga - MG, desde 2013

 

Paula Christianne Gomes G. Souto Maia, Universidade Federal de Campina Grande/ Cajazeiras - PB

Médica de Família e Comunidade

Médica do Trabalho

Professora do curso de Medicina da Universidade Federal de Campina Grande/ Cajazeiras-PB (Sertão)

Coordenadora do curso de Medicina das Faculdades Integradas de Patos-PB (Sertão)

Tutora do Programa Mais Médicos para o Brasil (Sertão PB)

Médica Auditora e Reguladora SUS em Patos PB

Mestre em Ciências e Engenharia de Materiais (UFCG)

 

http://lattes.cnpq.br/1995785733516214

Candida Pereira Melo, Secretaria Municipal de Saúde de São Leoopoldo

Graduação em Enfermagem (não concluída) pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos. Período: 2002 a 2009.

Diretora do Núcleo Acadêmico do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - SIMERS, núcleo Rio Grande (não remunerado).

Tutora (bolsista) do programa de Tutoria de Alunos Indígenas da Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Período: Maio/2015 a Dezembro/2015.

Estagiária da Secretaria Municipal de Saúde de São Leopoldo (UBS periférica, em conjunto com PACS (Programa de Agentes Comunitários de Saúde). Período: Abril/ 2002 a Janeiro/ 2004.

Eneline Andrade Heráclito Gouveia Pessoa, CESMAC - Alagoas - AL

Professora do Curso de Pós Graduacao em Saúde INdígena da CESMAC - ALAGOAS - PE

Residente de Medicina de Familia e Comunidade - SESAU-RECIFE - PE

 

http://lattes.cnpq.br/7011084856822806

Viviane Xavier, Universidade Federal de Pernambuco - PE

Professora do curso de medicina do Centro Acadêmico do Agreste da Universidade Federal de Pernambuco e Médica da Família e Comunidade da USF Alto do Moura, Caruaru. Se precisar titulação, mestra em Saúde Coletiva.

 

http://lattes.cnpq.br/8693259180819470

Maria Carolina Pereira da Rocha, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - SP

Auxiliar de Ensino no Departamento de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

 

Referências

WONCA Working Party on Rural Practice. Políticas para Médicas de Família em Áreas rurais. Monash University School of Rural Health: Traralgon, Vic. (tradução gt de medicina de família rural da SBMFC). 2002. [Citado 18 Jul 2016]. Disponível em: https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=sites&srcid=ZGVmYXVsdGRvbWFpbnxndG1lZGljaW5hcnVyYWx8Z3g6NDk1NWY3ZWU2YjZiZDMw

Wainer J. Women and rural medical practice: the importance of doing it differently in the 21 st century. WONCA Rural Medical Education Guidebook. WONCA, 2015 [Citado 18 Jul 2016]. Disponível em: http://www.globalfamilydoctor.com/groups/WorkingParties/RuralPractice/ruralguidebook.aspx

Brasil. Ministério da Saúde/SGTES/DEGERS/CONPROF - conselhos profissionais. [Citado 18 Jul 2016]. Disponível em http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?idb2011/e01.def

Ellsbury KE, Baldwin LM, Johnson KE, Runyan SJ, Hart LG. Gender-related factors in the recruitment of physicians to the rural Northwest. J Am Board Fam Pract. 2002;15(5):391-400.

Ozolins IZ, Greenwood G, Beilby J. Keeping women doctors in the country. Rural and Remote Health 4: 268. (Online) 2004 [Citado 18 Jul 2016]. Disponível em: http://www.rrh.org.au/articles/showarticlenew.asp?ArticleID=268

Publicado
2016-09-19
Como Citar
Lima, M. C., Cuadrado, M., Horta, T. C. G., Almeida, M., Pinheiro, A., Maia, P. C. G. G. S., Melo, C. P., Pessoa, E. A. H. G., Xavier, V., & Rocha, M. C. P. da. (2016). Manifesto de Natal - Por uma política afirmativa no recrutamento, formação, provimento, retenção e suporte para as médicas de família em contexto rural e remoto. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 11(38), 1-5. https://doi.org/10.5712/rbmfc11(38)1247
Seção
Documentos da SBMFC