A relação médico-paciente no contexto da saúde como produto

  • Sérgio Bergmann Borges Vieira
  • Gabriel Bergmann Borges Vieira
  • Renan Lopes
Palavras-chave: Relações Médico-Paciente, Saúde, Setor de Assistência à Saúde, Pósmodernidade

Resumo

O presente artigo propõe uma revisão teórica da relação médico-paciente no contexto da saúde como produto sociocultural da pós-modernidade. Foi realizada busca na Internet nos bancos de dados PubMed, Lilacs e Biblioteca Cochrane com as palavras-chave: relação médico-paciente, saúde, produto e pós-modernidade. Livros textos de Medicina e também obras referenciais de Filosofia, Sociologia e Marketing foram consultadas. A relação médico-paciente foi analisada a partir da conceituação de saúde e produto. Assim, ao considerar-se a saúde como produto da sociedade de consumo, discutiu-se as modificações ocorridas no atendimento médico; nas relações entre o profissional da saúde (médico) e o paciente (cliente).

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Sérgio Bergmann Borges Vieira
Médico de Família e Comunidade da Secretaria Municipal de Saúde, Gravataí, Rio Grande do Sul, Brasil; ex-residente do Serviço de Saúde Comunitária do Grupo Hospitalar Conceição, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.
Gabriel Bergmann Borges Vieira
Designer, mestrando do Programa de Pós-Graduação em Design Estratégico da Escola de Design Unisinos, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil; professor do Curso Técnico em Design do Instituto Sinodal de Ensino Médio Dorothea Schäfke, Taquara, Rio Grande do Sul , Brasil.
Renan Lopes
Médico de Família e Comunidade da Secretaria Municipal de Saúde, Gravataí, Rio Grande do Sul, Brasil; ex-residente da Escola de Saúde Pública do Rio Grande do Sul / Centro de Saúde Escola Murialdo, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.
Publicado
2008-11-17
Como Citar
Vieira, S. B. B., Vieira, G. B. B., & Lopes, R. (2008). A relação médico-paciente no contexto da saúde como produto. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 4(14), 102-108. https://doi.org/10.5712/rbmfc4(14)192
Seção
Artigos de Pesquisa