Estratégias que viabilizam o acesso aos serviços de Atenção Primária à Saúde no Reino Unido

Palavras-chave: Medicina de Família e Comunidade, Atenção Primária à Saúde, Estratégia Saúde da Família, Acesso Universal aos Serviços de Saúde, Acesso dos Pacientes aos Registros

Resumo

Este artigo apresenta algumas características organizativas e operacionais da Atenção Primária à Saúde (APS) inglesa. Seu objetivo é evidenciar pontos relevantes no funcionamento das clínicas da APS que facilitam o equilíbrio dinâmico entre o atendimento à demanda espontânea e as ações programáticas em saúde. Ele tem como base um estudo etnográfico, realizado no Reino Unido no período de 2013/14, no qual se analisou o modelo de pagamento por desempenho no país. Os tópicos abordados incluem: (a) composição das equipes da APS inglesa; (b) organograma funcional de uma clínica de APS; (c) consulta de 10 minutos dos médicos de família e horário de funcionamento da clínica; (d) recepção; (e) equipe de enfermagem; e (f) sistema de tecnologia da informação. Cada um desses itens possui referências para as quais é possível explorar websites e tutoriais de modo a compreender melhor alguns aspectos das clínicas da APS inglesa. O Reino Unido profissionalizou o acesso dos pacientes aos serviços da APS. Isto ocorreu por meio de um contingente maior de pessoal administrativo, menor proporção população/médico de família, maior autonomia da equipe de enfermagem e um robusto sistema de tecnologia da informação. No Brasil, a Estratégia Saúde da Família (ESF) necessita percorrer caminho semelhante a fim de aprimorar a qualidade da APS no país.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Armando Henrique Norman, Departamento de Clínica Médica, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Possui graduação em medicina pela Universidade Federal do Paraná (1995), Residência em Medicina Geral e Comunitária/Medicina de Família e Comunidade pela PUC-PR (2001) e mestrado em Antropologia Médica pela Universidade de Durham/Reino Unido (2011) e doutorado em Antropologia pela mesma universidade. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Médica, atuando principalmente nos seguintes temas: Pagamento por Performance (P4P), Prevenção Quaternária, Medicalização Social, Rastreamento, Medicina de Família e Comunidade, Atenção Primária a Saúde (APS), Medicina Preventiva e Medicinas Complementares (Homeopatia).

Mais Informações: Currículo Lattes

Referências

Tesser CD, Norman AH. Repensando o acesso ao cuidado na Estratégia Saúde da Família. Saúde Soc. 2014;23(3):869-83. https://doi.org/10.1590/S0104-12902014000300011

Norman AH, Tesser CD. Acesso ao cuidado na Estratégia Saúde da Família: equilíbrio entre demanda espontânea e prevenção/promoção da saúde. Saúde Soc. 2015;24(1):165-79. https://doi.org/10.1590/S0104-12902015000100013

Norman AH, Russell AJ, Merli C. The Quality and Outcomes Framework: Body commodification in UK general practice. Soc Sci Med. 2016;170:77-86. https://doi.org/10.1016/j.socscimed.2016.10.009

McCarthy M. Health system report ranks UK first, US last. BMJ. 2014;348:g4080. https://doi.org/10.1136/bmj.g4080

The NHS: A Difficult Beginning. [YouTube]. [acesso 2018 Dez 16]. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=-ywP8wjfOx4&t=177s

Gray DJ. General practitioners and the independent contractor status. J R Coll Gen Pract. 1977;27(185):746-52.

Starfield B, Shi L, Macinko J. Contribution of primary care to health systems and health. Milbank Q. 2005;83(3):457-502. https://doi.org/10.1111/j.1468-0009.2005.00409.x

Light DW. Universal health care: lessons from the British experience. Am J Public Health. 2003;93(1):25-30. https://doi.org/10.2105/AJPH.93.1.25

The Birth of the National Health Service: Your Very Good Health - 1948 - CharlieDeanArchives [YouTube]. [acesso 2018 Dez 25]. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=VFhEB3gG8HA

Choose Your Doctor - Trailer (1948). [YouTube]. [acesso 2018 Dez 16]. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=y_FXAsDVStY

Maynard A, Dixon M. Should the NHS abolish the purchaser-provider split? BMJ. 2016;354:i3825. https://doi.org/10.1136/bmj.i3825

Filippon J, Giovanella L, Konder M, Pollock AM. “Liberalizing” the English National Health Service: background and risks to healthcare entitlement. Cad Saúde Pública. 2016;32(8):e00034716. https://doi.org/10.1590/0102-311X00034716

Jones R. Dismantling general practice. Br J Gen Pract. 2007;57(544):860-1. https://doi.org/10.3399/096016407782317874

Linthorpe Surgery. [acesso 2018 Dez 23]. Disponível em: https://www.linthorpesurgery.com/earnings.aspx

Morais HMM, Albuquerque MSV, Oliveira RS, Cazuzu AKI, Silva NAF. Organizações Sociais da Saúde: uma expressão fenomênica da privatização da saúde no Brasil. Cad Saúde Pública. 2018; 34(1): e00194916. https://doi.org/10.1590/0102-311x00194916

Gorsky M. The British National Health Service 1948-2008: A Review of the Historiography. Soc Hist Med. 2008;21(3):437-60. https://doi.org/10.1093/shm/hkn064

An alternative guide to the new NHS in England. [YouTube]. [acesso 2018 Dez 16]. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=te4kNFmPkhQ

Norman AH, Tesser CD. Obstetrizes e enfermeiras obstetras no Sistema Único de Saúde e na Atenção Primária à Saúde: por uma incorporação sistêmica e progressiva. Rev Bras Med Fam Comunidade. 2015;10(34):1-7. https://doi.org/10.5712/rbmfc10(34)1106

Macmillan Cancer Support. [acesso 2018 Dez 24]. Disponível em: https://www.macmillan.org.uk/

Rethink Mental Illness: the mental health charity. [acesso 2018 Dez 24]. Disponível em: https://www.rethink.org/about-us

DESMOND: What is the DESMOND Programme? [acesso 2018 Dez 24]. Disponível em: https://www.desmond-project.org.uk/about/

Meade JG, Brown JS. Improving access for patients - a practice manager questionnaire. BMC Fam Pract. 2006;7:37. https://doi.org/10.1186/1471-2296-7-37

Norman AH, Russell AJ, Macnaughton J. The payment for performance model and its infuence on british general practitioners’ principles and practice. Cad Saúde Pública. 2014;30(1):55-67. https://doi.org/10.1590/0102-311X00149912

Marsh House: Medical Practice Billingham. [acesso 2018 Dez 22]. Disponível em: http://www.marshhousemedicalpractice.co.uk/index.php

Salisbury C. Multimorbidity: redesigning health care for people who use it. Lancet. 2012;380(9836):7-9. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(12)60482-6

Patient Access Support Portal: Book appointment. [acesso 2018 Dez 22]. Disponível em: https://support.patientaccess.com/videos/book-appointment

Patient Access Support Portal: Request repeat medication. [acesso 2018 Dez 22]. Disponível em: https://support.patientaccess.com/videos/request-repeat-medication

Patient Access Support Portal: Share your medical record. [acesso 2018 Dez 22]. Disponível em: https://support.patientaccess.com/videos/share-your-medical-record

Publicado
2019-08-07
Como Citar
Norman, A. H. (2019). Estratégias que viabilizam o acesso aos serviços de Atenção Primária à Saúde no Reino Unido. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 14(41), 1945. https://doi.org/10.5712/rbmfc14(41)1945
Seção
Artigos de Pesquisa