Tabagismo: a percepção dos fumantes em um grupo de educação em saúde

  • Noely Soares Veloso Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Carlos Alberto Quintão Rodrigues Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Maísa Tavares de Souza Leite Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Julimary Larissa Mendes Ottoni Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Geane Christie do Carmo Veloso Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Rosiane Mendes Rodrigues Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Gabriela Alencar Bandeira Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
Palavras-chave: Tabagismo, Atenção Primária à Saúde, Educação em Saúde, Fatores de Risco, Saúde da Família

Resumo

Estudo qualitativo, que objetivou compreender o significado dos grupos antitabagismo desenvolvidos em uma unidade de Saúde da Família do município de Montes Claros, em Minas Gerais. Utilizou-se como referencial teórico-metodológico a pesquisa-ação. Os sujeitos foram usuários tabagistas que vivenciaram as sessões do grupo de educação em saúde. Os instrumentos para coleta de dados foram: observação não-participante, observação participante e entrevistas semiestruturadas. Os dados foram submetidos à técnica da análise do discurso com identificação de duas categorias: o significado do tabagismo e o significado dos grupos de apoio antitabagismo na percepção dos sujeitos participantes do grupo. Emergiram as ideias e os sentimentos dos fumantes, bem como a representatividade do cigarro para os sujeitos. O estudo demonstrou a relevância dos grupos de apoio, durante o processo de cessação do tabagismo, e a necessidade de melhor capacitação profissional e estruturação dos serviços para o enfrentamento do problema. Este estudo também se constituiu numa forma de divulgação do tratamento do tabagismo na rede pública de saúde e do seu impacto na população beneficiada, servindo de parâmetro e estímulo a outros cenários.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Noely Soares Veloso, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
Possui graduação em Medicina (2002), Especialização em Medicina de Família e Comunidade(2008) pela Universidade Estadual de Montes Claros, Especialização em Clínica Médica pela Fundação Hospitalar de  Brasília - DF (2006). Atualmente é Médica em unidade de SF e Professora de Ensino Superior I da Universidade Estadual de Montes Claros, Departamento de Saúde Mental e Coletiva . Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Saúde da Família, Clínica Médica e Educação em Saúde.

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Carlos Alberto Quintão Rodrigues, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
Cirurgião-dentista, coordenador Geral do PET-saúde Unimontes.
Maísa Tavares de Souza Leite, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Departamento de Enfermagem da Unimontes. Tutora do PET-saúde Unimontes. Doutora em Ciências. Professora colaboradora do mestrado em Ciências da Saúde da Unimontes.

Julimary Larissa Mendes Ottoni, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Cirurgiã-dentista da ESF Vila Telma. Preceptora do PET-saúde Unimontees.

 

Geane Christie do Carmo Veloso, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Acadêmica do curso de graduação em Enfermagem da Unimontes.

Rosiane Mendes Rodrigues, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Acadêmica do curso de graduação em Odontologia da Unimontes. 

Gabriela Alencar Bandeira, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Acadêmica do curso de graduação em Medicina da Unimontes.

Referências

Ministério da Saúde (BR). Instituto Nacional do Câncer. Estimativas de incidência e mortalidade por câncer no Brasil. Rio de Janeiro: Ministério da Saúde; 2003.

Mathers CD, Loncar D. Projections of global mortality and burden of desease from 2022 a 2030. PloS Med. 2006; 3(11): 442. http://dx.doi.org/10.1371/journal.pmed.0030442

Ministério da Saúde (BR). Portaria 1886/GM. Anexo 1 - Normas e diretrizes do Programa de Agentes Comunitários de Saúde - PACS. Brasília: Ministério da Saúde; 1997.

Wannmacher L. Tratamento medicamentoso antitabagismo. Uso Racional de Medicamentos: temas selecionados. 2007; 4(4): 1-6.

Oliveira MC. Os modelos de cuidados como eixo de estruturação de atividades interdisciplinares e multiprofissionais em saúde. Rev Bras Educ Méd. 2008; 32(3): 347-55. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-55022008000300009

Thiollent M. Metodologia da pesquisa-ação. 12ª ed. São Paulo: Cortez; 2003.

Marques JB, Aprígio DP, Mello HLS, Silva JD, Pinto LN, Machado DCD, et al. Contribuições da equipe multiprofissional de saúde no programa saúde da família (PSF): uma atualização da literatura. Rev Baiana Saúde Pública. 2007; 31(2): 246-55.

Minayo MCS. O desafio do conhecimento. 5ª ed. São Paulo: Hucitec; 1998.

Ministério da Saúde (BR). Instituto Nacional do Câncer. Coordenação de prevenção e vigilância (CONPREV). Abordagem e tratamento do fumante. Rio de Janeiro: INCA; 2001.

Fagerström KO. Measuring degree of physical dependence to tobacco smoking with reference to individualization of treatment. Addict Behav. 1978; 3(3-4): 235-41. http://dx.doi.org/10.1016/0306-4603(78)90024-2

Borges MTT, Simões-Barbosa RH. Cigarro “companheiro”: o tabagismo feminino em uma abordagem crítica de gênero. Cad Saúde Pública. 2008; 24(12): 2834-42. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008001200012

Malbergier A, Oliveira Júnior HP. Dependência de tabaco e comorbidade psiquiátrica. Rev Psiq Clin. 2005; 32(5): 276-82. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-60832005000500005

Focchi GR, Malbergier A, Ferreira MP. Tabagismo: dos fundamentos ao tratamento. São Paulo: Lemos; 2006.

Echer IC, Barreto SSM. Determinação e apoio como fatores de sucesso no abandono do tabagismo. Rev Latino-Am Enfermagem. 2008; 16(3): 445-51. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692008000300018

Leitão Filho FS, Galduróz JCF, Noto AR, Nappo AS, Carlini EA, Nascimento AO, et al. Levantamento randomizado sobre a prevalência do tabagismo nos maiores municípios do Brasil. J Bras Pneumol. 2009; 35(12): 1204-11.

Dórea AJP, Botelho C. Fatores dificultadores da cessação do tabagismo. J Bras Pneumol. 2004; 30(2): 41-6.

Sardinha A, Oliva AD, D’augustin J, Ribeiro F, Falcone EMO. Intervenção cognitivo-comportamental com grupos para o abandono do cigarro. Rev Bras Ter Cogn. 2005; 1(1): 83-90.

Mazoni CG, Fernandes S, Pierozan OS, Moreira T, Freese L, Ferigolo M, et al. A eficácia das intervenções farmacológicas e psicossociais para o tratamento do tabagismo: revisão da literatura. Estud Psicol (Natal). 2008; 13(2): 133-40. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-294X2008000200005

Cahill K, Moher M, Lancaster T. Workplace interventions for smoking cessation. Cochrane Database of Systematic Reviews. 2008; (4): CD003440. DOI: 10.1002/14651858.CD003440.pub3.

Hortense FTP, Carmagnani MIS, Brêtas ACP. O significado do tabagismo no contexto do câncer de laringe. Rev Bras Enferm. 2008; 61(1): 24-30. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672008000100004

Mattos MHO, Silva LA, Franken RA. Tabagismo no currículo da faculdade de ciências médicas de São Paulo. Rev Bras Educ Med. 2009; 33(1): 33-9. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-55022009000100005

Roddy E, Rubin P, Britton J. A study of smoking and smoking cessation on the curricula of UK medical schools. Tob Control. 2004; 13: 74-7. http://dx.doi.org/10.1136/tc.2003.004572

Oliveira NA, Alves LA, Luz MR. Iniciação científica na graduação: o que diz o estudante de medicina? Rev Bras Educ Med. 2008; 32(3): 309-14. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-55022008000300005

Andreson MIP, Demarzoe MMP, Rodrigues RD. A medicina de família e comunidade, a atenção primária à saúde e o ensino de graduação: recomendações e potencialidades. Rev Bras Med Fam Com. 2007; 3(11): 157-72.

Publicado
2011-10-28
Como Citar
Veloso, N. S., Rodrigues, C. A. Q., Leite, M. T. de S., Ottoni, J. L. M., Veloso, G. C. do C., Rodrigues, R. M., & Bandeira, G. A. (2011). Tabagismo: a percepção dos fumantes em um grupo de educação em saúde. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 6(20), 193-198. https://doi.org/10.5712/rbmfc6(20)216
Seção
Artigos de Pesquisa