O impacto da medicina tradicional: Brasil como potência verde mundial

Autores

  • John B Thompsom PPSIS - Faculty of Politics, Psychology, Sociology and International Studies – University of Cambridge, UK.
  • Áurea Aparecida Eleuterio Pascalicchio PPSIS - Faculty of Politics, Psychology, Sociology and International Studies – University of Cambridge, UK.

DOI:

https://doi.org/10.5712/rbmfc7(1)609

Palavras-chave:

Medicina Tradicional, Desenvolvimento Sustentável, Biodiversidade

Resumo

Introdução: A Política Nacional da Medicina Natural e Práticas Complementares (PNPIC) coloca o Brasil em destaque nos sistemas nacionais de saúde. Esta política corresponde à vontade da população expressa nas Conferências de Saúde. Experiências brasileiras são citadas pela OMS apoiando políticas semelhantes, pois 80% da população de países em desenvolvimento dependem de medicina tradicional. Cerca de 1/3 dos medicamentos prescritos foram desenvolvidos a partir de produtos naturais. Foi pesquisada apenas 10% de toda biodiversidade e da qual o Brasil detém 20%.A pesquisa brasileira tem destaque internacional na área.As pessoas estão mais atentas à sociedade de risco e globalizada.O uso da Medicina Tradicional e a busca por alternativas sustentáveis aumentam. O estudo observa projetos e pesquisas inovadores com integralidade e acesso em saúde associados com uso sustentável do capital natural. O Brasil é hoje reconhecido como liderança global. Objetivos: observar a visibilidade mundial dos medicamentos naturais e a contribuição brasileira neste cenário. Método: Revisão bibliográfica em literatura cientifica (MEDLINE, COCHRANE, LILACS, NDLTD) .Estudos de caso e entrevistas com atores proeminentes,programas governamentais e pesquisas formam banco de dados qualificado e sistematizado.Seleção de amostra intencional de casos para analise qualitativa no contexto da teoria social dos meios de comunicação. Resultados: A busca da saúde, longevidade, beleza e sua representação simbolizada pelos medicamentos naturais são contextualizadas no mercado farmacêutico mundial ebiotecnológico, relacionados ao processo de desenvolvimento sustentável. O interesse mundial no mercado de produtos naturais esta vinculado aos fatores comportamentais, políticos, econômicos, biológicos, químicos e biotecnológicos. As estratégias corporativastem se voltado para o “greenmarket”. Brasil tem se destacado no cenário mundial da Biodiversidade. LOHAS (Lifestyleof Health andSustainability) é um movimento interessado em ecologia, planeta, justiça social, relacionamento, paz. Nos EUA representa cerca de 30% dos adultos ou 63 milhões de consumidores com mercado estimado em 300 bilhões de dólares. O movimento esta identificado em outros países e detectam mudanças comportamentais aumentando frente a crise ambiental. No Brasil empresas e universidades com projetos inovadores tem este perfil. Na Amazônia projetos extrativistas com população indígena e ribeirinhos. Parceria publico/privadas também foram identificadas como o caso do PROBEM ou Cognis. Conclusão: A mudança no comportamento humano é estratégica na sustentabilidade do planeta. A utilização de medicamentos naturais cresce contribuindo para transformações de atitude e de consumo. O Brasil tem experiências de sucesso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2012-06-22

Como Citar

1.
Thompsom JB, Pascalicchio Áurea AE. O impacto da medicina tradicional: Brasil como potência verde mundial. Rev Bras Med Fam Comunidade [Internet]. 22º de junho de 2012 [citado 27º de junho de 2022];7(1):62. Disponível em: https://www.rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/609