Educação em saúde envolvendo cuidadores de idosos no ambiente domiciliar

  • Vilani Medeiros de Araujo Nunes Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Natal, RN
  • Ana Tania Lopes Sampaio Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Natal, RN
  • Duanna Damaeska Nogueira Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Natal, RN
  • Helano Jáder Batista de Almeida Junior Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Natal, RN
Palavras-chave: Educação em Saúde, Saúde do Idoso, Cuidadores

Resumo

O presente relato visa compartilhar a experiência adquirida por discentes de medicina durante o estágio supervisionado em Saúde Coletiva em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) com o Projeto “Semana da melhor idade: promovendo saúde e multiplicando o cuidado”. Por intermédio de oficinas e rodas de conversa, foram desenvolvidas ações para a capacitação de cuidadores informais de idosos em ambiente domiciliar. Para tanto, contou-se com o papel multiplicador dos agentes comunitários de saúde (ACS), bem como dos demais integrantes da equipe da Estratégia Saúde da Família (ESF). Entre as contribuições desse projeto, destaca-se a aquisição de habilidades e competências para a formação do médico generalista, tais como: a integração ensino-comunidade; a organização de atividades em educação em saúde; e o aperfeiçoamento técnico/humanístico no cuidado integral ao idoso. Conclui-se que este projeto foi capaz de alcançar o intuito inicial proposto, indo para além dos muros teóricos da universidade e compartilhando com a comunidade conhecimentos adquiridos na graduação.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Vilani Medeiros de Araujo Nunes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Natal, RN
Graduada e Licenciada em Enfermagem (UFRN); Mestre em Enfermagem (UFRN). Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação do Centro de Ciências da Saúde (UFRN); Especialista em Saúde Pública (ENSP), Saúde da Família (UFRN), Administração de Serviços de Saúde (UNAERP), Vigilância Epidemiológica e Vigilância Sanitária (UNAERP) e Capacitação em Gerontologia (UNB).
Ana Tania Lopes Sampaio, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Natal, RN
Graduação em Enfermagem e Obstetrícia, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1983); Especialização em Saúde Pública, pela ENSP Fiocruz (1988); Especialização em Educação em Saúde, pela Universidade de Ribeirão Preto (1989); Especialização em Ativação de Processos de Mudança na Formação Superior de Profissionais da Saúde, pela ENSP Fiocruz (2006); Mestrado em Enfermagem, pela UFRN (2005); Doutorado em Educação, pela UFRN (2008).
Duanna Damaeska Nogueira, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Natal, RN
Discente do curso médico da UFRN
Helano Jáder Batista de Almeida Junior, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Natal, RN
Discente do curso médico da UFRN

Referências

Wong LLR, Carvalho JA. O rápido processo de envelhecimento populacional do Brasil: sérios desafios para as políticas públicas. Rev Bras Estud

Popul. 2006;23(1):5-26. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-30982006000100002

Lima-Costa MF, Veras R. Saúde pública e envelhecimento. Cad Saúde Pública. 2003;19(3):700-701.

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2003000300001

Alvarenga MRM, Mendes MMR. O perfil das readmissões de idosos num hospital geral de Marília/SP. Rev Latino-Am Enfermagem. 2003;11(3):305‑311.

http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692003000300007

Brasil. Lei nº 8.842, de 04 de janeiro de 1994. Dispõe sobre a Política Nacional do Idoso, cria o Conselho Nacional do Idoso e dá outras

providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília; 1994 jan 05.

Ministério da Saúde (BR). Portaria nº 2.528, de 19 de outubro de 2006. Aprova a Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa. Diário Oficial da

República Federativa do Brasil, Brasília; 2006 out 20.

Ministério da Saúde (BR). Portaria nº 699, de 30 de março de 2006. Aprova a Regulamentação das Diretrizes Operacionais dos Pactos pela Vida

e de Gestão. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília; 2006 mar. 30.

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Atenção à Saúde; Departamento de Atenção Básica. Envelhecimento e saúde da pessoa idosa. Brasília:

Ministério da Saúde; 2007. Série A. Normas e Manuais Técnicos. Cadernos de Atenção Básica, 19.

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Atenção à Saúde, Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Guia prático do cuidador.

Brasília; 2008. 64 p. Série A. Normas e Manuais Técnicos.

Joia LC, Ruiz T, Donalísio MR. Condições associadas grau de satisfação com a vida entre a população de idoso. Rev Saúde

Pública. 2007;41(1):131-138. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102007000100018

Guccione AA. Functional Assessment of the Elderly. In: Guccione AA, editor. Geriatric Physical Therapy. Boston: Mosby; 1992. p. 113-23.

Ministério da Saúde (BR). Portaria nº 2.488, de 21 de outubro de 2011. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de

diretrizes e normas para a organização da Atenção Básica, para a Estratégia Saúde da Família (ESF) e o Programa de Agentes Comunitários de

Saúde (PACS). Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília; 2011 out 21.

Movimento Idosos Solidários (MIS). Cuidando do idoso em casa. São Paulo: SDI Projetos Audiovisuais; 2005.

Disponível em: http://www.idosossolidarios.com.br/video.php.

Amaral ACS, Coeli CM, Costa MCE, Cardoso VS, Toledo ALA, Fernandes CR. Perfil de morbidade e de mortalidade de pacientes idosos

hospitalizados. Cad Saúde Pública. 2004;20(6):1617-1626. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2004000600020

Mello-Jorge MHPD, Koizumi MS. Gastos governamentais do SUS com internações hospitalares por causas externas: análise no Estado de São

Paulo, 2000. Rev Bras Epidemiol. 2004;7(2):228-238.

Publicado
2013-11-17
Como Citar
Nunes, V. M. de A., Sampaio, A. T. L., Nogueira, D. D., & Almeida Junior, H. J. B. de. (2013). Educação em saúde envolvendo cuidadores de idosos no ambiente domiciliar. Revista Brasileira De Medicina De Família E Comunidade, 9(31), 227-232. https://doi.org/10.5712/rbmfc9(31)697
Seção
Relatos de Experiência