[1]
Fajardo, C. 2006. A importância da abordagem não-farmacológica da hipertensão arterial na Atenção Primária à Saúde. Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. 1, 4 (nov. 2006), 107-118. DOI:https://doi.org/10.5712/rbmfc1(4)30.